Leonor A., Jurista

Gratidão ao Fio Vermelho!
Chego aqui após ter terminado co caminho.
Constato que as tomadas de consciência nunca acabam.
 É então em profunda gratidão que termino mais um fim de semana intenso de trabalho, de consciência, de cura, na companhia de mulheres corajosas que caminham a meu lado.
Gratidão também a mim por reunir a coragem necessária para continuar a mergulhar cada vez mais fundo ni meu ser, apesar de todas as resistências.
Gratidão a Terras de Lyz, à guardiã destes trabalhos Isabel, e a toda a natureza que habita estas terras e que também sustenta os nossos processos.
Gratidão às minhas irmãs de caminho que sustentaram o processo de entrega/oferenda que fiz este fim de semana na Sra das Lapas.
Que este Fio Vermelho chegue aos corações / úteros de cada vez mais mulheres que sustem este chamado.
Que o projecto da manta seja também um veículo para o mesmo propósito.
Gratidão ainda por ter tido o privilégio de assistir ao nascimento destes dois lindos projectos.
Gratidão à Mãe Terra que incessantemente chama e nutre as suas filhas!
Aho!
 
18.Set.2016