15/16/17.Ago.2014 - RETIRO DE LAMMAS

18-10-2016 20:06

NO NINHO DA SERPENTE
- A BUSCA DA SACERDOTISA -

em regime de retiro - apenas para mulheres

coordenado e orientado por Isabel Angélica


15, 16 e 17 de Agosto em Terras de Lyz

(Tomar / Ferreira do Zêzere)



A Serpente símbolo da Grande–Mãe, regeneradora e mutante, “estava em contacto com os mistérios da terra, das águas, da escuridão – auto-suficiente, insensível, reservada, às vezes venenosa, capaz de deslizar sem deixar rasto, magicamente engolindo grandes criaturas e rejuvenescendo pela mudança da pele.” - A GRANDE DEUSA de JEAN MARKALE


ENQUADRAMENTO DESTES TRABALHOS

No pico do Verão, estaremos, nós mulheres, a trabalhar A Busca da Sacerdotisa no 3º Retiro de 2014 de No Ninho da Serpente.

Sob o signo do elemento FOGO, teremos 3 dias de imersão e alquimia, num ambiente ritualístico onde iremos auxiliar a nossa memória de mulheres e das nossas células a rememorar os tempos idos nos templos onde dedicávamos as nossas existências à manifestação da Grande Mãe.


Será um trabalho uma vez mais profundo onde iremos celebrar e aprofundar a magia dos elementos em nós e limpar de dentro das nossas informações mais profundas o mau uso que já fizemos das nossas capacidades alquímicas, seja nesta vida ou em vidas passadas. Trabalharemos os elementos e os devas do ar, água, fogo e terra, onde juntaremos uma Cerimónia de Inipi, banhos nas águas de Dornes - no Lago da Mãe -, rituais de embelezamento e celebração entre mulheres.

Em Maio de 2013, Isabel Angélica iniciou uma série de encontros com Mulheres no sentido de trabalhar em Círculo a consciência da mulher em si mesma, abrindo caminho para a cura interior da cisão ancestral da mulher em duas - a santa e a selvagem. Em 2014, a par dos Encontros, surgiram os Retiros em Terras de Lyz, lugar privilegiado pela emanação da Grande Mãe.

O primeiro retiro aconteceu a 1 e 2 de Fevereiro, celebrando uma das festas à Grande Mãe, o Imbolc - que significa o "ventre" e é a festa do despertar da Terra. Estivemos sob a égide da Lua Cheia, da manifestação da Donzela que somos, em contacto com as nossas águas, manifestando e trazendo à luz a nossa pureza. Uma pureza que está escondida atrás de feridas, dor, raiva, tristeza...

O segundo retiro aconteceu a 26 e 27 de Abril, onde trabalhámos o reconhecimento da cisão da mulher em duas - a santa e a selvagem, onde percebemos a grande cisão do nosso Eu feminino e de mulher. Foi altamente transformar e veio apresentar a verdade sobre as nossas personalidades e desafios interiores.

O terceiro surge agora para celebrar o 3º estágio da consciência da Mulher - a Sacerdotisa que se trabalha alquimicamente assumindo-se representante da manifestação da Mãe, onde a Serpente será a Grande Sacerdotisa que lhe mostra o caminho interior a ser feito.


PROGRAMA

Sexta-feira, dia 15

11h00 - Boas vindas, apresentações e partilha
- A Serpente - símbolo da Kundalini e da morte-renascimento
- Integração das duas partes da mulher - onde começou a cisão e onde se manifesta
- A sacerdotisa "santificada" e "endemonizada" - onde estamos nestes extremos?
- Os elementos e as emoções
14h00 - Almoço
15h30 - Preparação da Cerimónia do INIPI - a mulher ritualística - a sacerdotisa nos momentos da oração, preparação, rendição
17h00 - Entrada para o INIPI - a Alquimia das Mulheres na celebração à Mãe

Sábado, dia 16

10h00 - Trabalho de integração, partilha dos processos do INIPI
- Como eu uso os elementos em mim?
14h00 - Almoço
16h00 - Partida para Dornes para banhos nas Águas da Mãe

Domingo
10h00 - Ritual final com Cerimónia à Mãe
14h00 - Almoço
15h00 - Balanço, partilhas e encerramento com festa, dança e cânticos!


CONDIÇÕES

O Retiro realiza-se com um mínimo de 6 mulheres.
Os únicos requisitos são os de seres uma mulher que deseja trabalhar a responsabilidade e consciência.
 

TROCA DE ABUNDÂNCIA

Para Mulheres que já participaram em encontros de NINHO DA SERPENTE - ☼120
Para Mulheres que participam pela primeira vez - ☼150

Estes valores incluem estadia em Terras de Lyz. Pedimos às Mulheres que tragam comida para partilhar por todas nos dias do Retiro.
Se estás a passar desafios com a tua abundância, fala connosco. Tudo é possível quando a alma e o corpo pedem estes trabalhos.


INSCRIÇÃO

É necessária inscrição para geral@terrasdelyz.net.



LOCAL DO RETIRO

Terras de Lyz - Ferreira do Zêzere / Tomar  ​

Há possibilidade de combinar boleias a partir de Lisboa e Porto​

 
MATERIAL NECESSÁRIO

Tons de roupa usar durante o fim-de-semana - dourados, verdes, amarelos, laranjas, vermelhos (a roupa deverá ser confortável e permitir liberdade de movimentos)
Indumentária ristualística com saia ou vestido
Adereços de cabelo (flores e/ou grinaldas e/ou lenços)
Caderno, lápis de cor e caneta
Comida vegetariana a partilhar com as Mulheres
Toalhas para higiene pessoal/banho
Chinelos/meias de andar por casa
Colchão tripartido / almofada / saco cama
Bikini / fato de banho / saída de praia / vestido para INIPI
Instrumentos musiciais que possam ter - tambor, maracas, darburka, etc
Uma vela dourada ou prateada
 


QUEM É ISABEL ANGÉLICA


Nasci Mulher há 41 anos sob o signo de Aquário e Ascendente Leão. Desde os meus 16 que sigo o caminho do conhecimento espiritual, primeiro com a Doutrina Espírita e, mais tarde, na busca de conhecimentos mais aprofundados da dimensão humana e espiritual que me levou a perceber o que realmente quero no meu caminho e o que não quero...
Sou casada, Mulher em busca de mim mesma, sou também um ser de serviço e estou conectada ao nível de ADN com Mãe Ísis e Arcanjo Miguel. Desde 2010 que me iniciei no Caminho Vermelho do Xamanismo, onde os meus animais de poder - a Serpente e o Leão - me chamaram a um trabalho ainda mais profundo de cura e sublimação dentro de mim.
Em 2011 fui "engolida" pela Serpente que me tem vindo a iniciar desde então nos seus mistérios mais profundos. Uma apresendizagem que não cessa até hoje com Mãe Ísis a instruir-me nos seus Mistérios ancestrais.
Em 2013, a Mãe chamou-me e eu, Sua Filha, comecei a levar a Sua Voz (tal como eu a percepciono) até outras Mulheres. Também 2013 trouxe-me o aprofundamento do trabalho feito com outras Mulheres de Valor e Coragem, como é o caso, por exemplo, da Rosa Leonor Pedro ou a Vera Faria Leal.
Estou muito grata ao caminho que me tem sido aberto e estou muito grata a mim mesma por me entregar a esse caminho.
Sou terapeuta, taróloga, humana, canal de coração-útero, sou Filha da Terra e do Céu, jornalista e comunicadora entre os Mundos, com uma fortíssima mediunidade e intuição que nunca cessam de me ensinar o que é a Verticalidade e a Responsabilidade.